Uso constante de salto alto pode ocasionar problemas ortopédicos

Marco da elegância e charme feminino, o salto alto também pode ser um vilão para a saúde da mulher. O uso contínuo desse tipo de sapato acarreta inúmeros problemas na coluna, joelhos e pés. O que ocorre na maioria dos casos é o encurtamento do tendão de Aquiles – tecido que conecta o osso do calcanhar e o músculo da panturrilha.Com o salto alto os dedos são forçados, pois o peso do corpo fica concentrado neles tirando a total participação do calcanhar, o que gera mais desconforto e problemas, principalmente dores na região da frente do pé.

Segundo o Dr. Rene Abdalla, ortopedista do HCor – Hospital do Coração, o número de mulheres com lesões de joelho cresceu nos últimos três anos. “O uso de sapato inadequado, especialmente o de salto alto e bico fino, pode desencadear uma série de danos de ordem funcional e estrutural em curto e médio prazo”, explica.

O ortopedista ainda faz um alerta. “A tendinite de aquiles ou de calcâneo intensifica a presença de dor na parte de trás da perna, praticamente imobilizando a paciente por um período que pode levar de alguns minutos até dias. A dor indica inflamação desse que é o tendão mais potente do corpo humano”, acrescenta.

O pé funciona como uma alavanca impulsionada pelos dedos, que precisam de espaço para se movimentar e garantir a troca de passos. Mas, quando estão apertados dentro dos sapatos, perdem a força de arranque e favorecem a pressão inadequada e a formação de calosidades.

Apesar de todas as críticas aos sapatos de salto alto, como a gente bem sabe, é impossível deixar de usá-lo. Entretanto, para que o uso não seja totalmente proibido, tem de haver uma certa coerência. Dr. Abdalla, que realiza mais de 600 cirurgias de joelho por ano, recomenda algumas modificações, a fim dos problemas diminuírem e não contra-indicar seu uso.

Problemas mais comuns
– Encurtamento do tendão de aquiles;
– Calos nos dedos;
– Tendinites;
– Má circulação – o que ocasiona varizes;
– Dor na região da frente do pé.

Sugestões
– Alternar a altura do salto;
– Preferir os saltos plataformas;
– Após o uso do salto, massagear os pés;
– Alongar a panturrilha;
– Para longas distâncias prefira os saltos baixos ou o uso de tênis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: