Verão exige cuidados especiais com alimentação

aguaO verão é uma das épocas mais agradáveis do ano e uma oportunidade para rever hábitos alimentares inadequados. Neste período, recomenda-se ingerir alimentos com baixas calorias e evitar os gordurosos. A nutricionista do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, Drª. Sheila Silva Castro, alerta que nos dias quentes o corpo perde mais líquidos e minerais, em conseqüência da elevação da temperatura corporal e transpiração excessiva, daí a importância de aumentar a ingestão de líquidos.É desnecessário esperar sentir sede para beber água, pois este é um sinal de que o organismo está precisando de reposição hídrica. Quando as perdas são maiores do que a reposição, o organismo desidrata o que ocasiona danos à saúde, em casos extremos, pode ser fatal.

Um adulto chega a perder cerca de 2,5 litros de água por dia no verão, portanto toda a água perdida deve ser reposta, seja na forma pura ou na forma de alimentos, já que existe água em todos os alimentos principalmente nas frutas, verduras e legumes.

A transpiração excessiva leva a perda de sais minerais que podem ser repostos por sucos de frutas e água de coco, além dos isotônicos e repositores hidro-eletrolíticos recomendados para praticantes de atividade física.

Segundo a nutricionista a atenção deve ser redobrada com as crianças e idosos. “Mesmo que a criança não peça é importante que ela beba água, em pequenas porções e que esteja fresca e em temperatura agradável, quatro copos diariamente é o suficiente. Também é importante substituir os refrigerantes pelos sucos naturais de frutas e vegetais, chás e água de coco”, orienta a especialista.

Os líquidos somente devem ser evitados durante as refeições, para não dificultar a digestão.

O clima quente colabora para o consumo de alimentos crus, como frutas, verduras e legumes, onde se encontram vitaminas, minerais e fibras.

Uma opção saudável são as carnes magras, carnes brancas de aves e peixes que proporcionam fácil digestão. O ideal é que estes alimentos sejam cozidos, grelhados ou assados. As frituras devem ser excluídas, pois não combinam com o clima quente do verão.

Abuse das folhas verdes e legumes – de preferência crus – cuidado com o tempero das saladas, evite molhos prontos e maionese, substitua-os por azeite, limão, vinagre e molhos a base de iogurte.

Os cereais integrais são outra boa opção e combinam com saladas e pratos frios. As gorduras vegetais, como azeite, óleo de girassol, canola e soja podem ser utilizados, pois são mais saudáveis do que as gorduras de origem animal.

Para a sobremesa são mais indicadas as frutas ou doces a base delas, picolés de frutas, compotas geladas de frutas e saladas de frutas.

Como no verão a rotina é alterada em conseqüência das férias, torna-se difícil manter uma dieta equilibrada. “Procure deixar a alimentação mais saudável substituindo alguns alimentos, dando preferência aos alimentos frios, crus ou gelados; abuse das saladas, frutas e sucos e fique longe das feijoadas, chocolates, suflês e frituras” sugere a nutricionista.

Na hora do lanche ou almoço opte pelos pães com recheios magros – peito de peru, queijo branco, cottage, peito de frango desfiado, atum em água, sempre acompanhado de salada.

Sucos mais elaborados é uma ótima opção, já que verão não combina com barriga inchada – conseqüência dos refrigerantes – crie e prepare sucos diversos, abacaxi com hortelã, melancia com limão e laranja com maracujá.

Substitua os salgadinhos fritos pelos assados, pois possuem menos gordura.

Algumas dicas devem ser lembradas:
– Consuma carboidrato em 60% das refeições do dia, pois gera energia e ativa o metabolismo;

– Faça entre cinco e seis refeições de pequeno volume por dia estimula o metabolismo e aumenta o gasto energético;

– Beba no mínimo dois litros de água ao dia, hidrata o corpo e auxilia na eliminação de toxinas.

– Evite o consumo excessivo de açúcar, bem como de carnes gordas, queijos gordurosos, molhos à base de creme de leite, maionese, frituras e bebidas alcoólicas.

– Atenção com os alimentos à base de leite, gordura e ovos, pois precisam de refrigeração adequada e o calor aumenta a proliferação de bactérias que causam intoxicação alimentar;

– Evite alimentar-se em locais sem condições de higiene e atenção onde consumir frutos do mar e pescados.

-É comum algumas pessoas sentirem indispostas para se alimentar no verão, isto ocorre em razão de alimentação inadequada como longos períodos sem se alimentar, não alimentar no café da manhã, ingerir alimentos gordurosos ou não hidratar-se durante o dia.

– A época favorece a prática de atividades ao ar livre, inspirando cuidados especiais com a alimentação. A prática de esportes em jejum ou em longos períodos sem se alimentar pode provocar desmaios. O ideal é fazer lanches antes e após os treinos para a manutenção dos estoques de energia e recuperação muscular. Os cuidados com a hidratação também devem ser redobrados e a reposição de líquidos constante, não só durante o treino, mas durante todo o dia.

– Todas estas orientações cabem ainda para aqueles que pretendem cair na folia durante o carnaval, alimentar-se e hidratar-se adequadamente garantem disposição e rápida recuperação para o retorno ao trabalho após o feriado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: