Uso inadequado de cotonete pode perfurar tímpano

cotonetes1Para grande parte da população, limpar os ouvidos com cotonete faz parte da higiene diária, para outros já é um hábito. Mas o que muita gente não sabe é que este simples ato pode gerar sérios problemas para a saúde dos ouvidos, quem faz o alerta é o otorrinolaringologista, Marcelo Alfredo, do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, que ressalta a importância da cera para o ouvido.

Todo mundo tem cera no ouvido, que pode ser desde a cor amarelo clara até marrom escura. Ao limpar os ouvidos com cotonete o indivíduo pode causar uma lesão ao órgão, além de otites externas, infecções e lesões graves ou leves na membrana timpânica, como perfurar o tímpano, e em último caso pode até precisar de uma cirurgia para correção.

Ao limpar o ouvido o individuo tenta retirar a cera – cerume – do ouvido, que tem a principal função de proteger. A cera é produzida por glândulas existentes no canal auditivo mais externo, sendo produzida e expelida normalmente.

O cerume recobre a pele do canal e o protege da água, que pode conter microorganismos nocivos e reter poeira e partículas de areia, impedindo danos ao tímpano.

Segundo o especialista é impossível retirar toda a cera dos ouvidos com as hastes flexíveis, o que se consegue é empurrá-la em direção aos tímpanos. Os resquícios que saem na haste é a cera que já não tem mais utilidade para o organismo e são levadas até o orifício auditivo externo. “Ao limpar os ouvidos estimulamos as glândulas ceruminosas a produzirem mais cera, ou seja, quanto mais limpamos, mais cera nosso organismo produz” explica Alfredo.

O organismo tem um processo de autolimpeza, a cera que fica no canal externo do ouvido seca e vira um pó, que é eliminada pelo corpo.

A melhor maneira de retirar o excesso de cera sem prejudicar o ouvido é utilizar uma toalha e fazer a limpeza logo após o banho, limpando somente até onde o dedo alcança, assim a cera não será empurrada em direção aos tímpanos.

Mesmo que fosse possível retirar toda a cera do ouvido, sem empurrá-la para dentro, a saúde dos ouvidos seria colocada em risco, uma vez que ela é a responsável por garantir a proteção, evitando as infecções e problemas de audição.

O organismo de alguns indivíduos pode produzir cera em excesso ou os canais auditivos serem estreitos demais, nestes casos a cera pode tampar o tímpano causando dificuldade na audição. Nestes casos é necessário retirar a cera, porém o processo deve ser realizado por um especialista, que se utilizará de lavagem ou aspirações, com equipamentos que não agredirão os ouvidos. Antes da limpeza pode ser preciso usar uma solução em gotas própria para amolecer e soltar a cera.

“A importância de uma especialista fazer esta remoção é para evitar que haja perfuração no tímpano que pode acarretar em problemas de audição. É indicado que pacientes com esse tipo de problema consultem um médico antes de ir à praia ou piscina para exame e provável remoção da cera”, alerta o especialista.

Quando um paciente está com cera em cima da membrana timpânica, na maioria das vezes é porque ela foi empurrada com hastes flexíveis, grampos ou palitos, para o fundo do canal, em uma tentativa frustrada de limpar o ouvido.

A cera seca pode causar alguns sintomas desconfortáveis e irritantes, como coceira nos ouvidos. Em algumas situações os sintomas podem ser causados por fungos ou ser uma dermatite – inflamação na pele do canal do ouvido.

A dermatite causada no ouvido é semelhante à caspa do couro cabeludo, só que a cera é seca, escamosa e abundante, pacientes com este problema melhoram diminuindo a ingestão de alguns alimentos como gordura, açúcar, chocolate e amido. Para o alivio dos sintomas o médico receitará medicamento em gotas, para serem usadas sempre que for necessário. Alguns pacientes possuem coceira nos ouvidos constante, que podem ser causada por alergias que requerem tratamento médico específico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: